PIS 2018: Base de Cálculo e Alíquota

PIS 2018: Base de Cálculo e Alíquota
publicidade:

PIS 2018: Base de Cálculo e AlíquotaVocê sabe como funciona?

São termos que andam juntos, mas que poucas pessoas sabem o significado. Essas palavrinhas aparecem várias vezes quando se trata da vida do trabalhador e, por este motivo, é necessário que se entenda do que se trata e a relação que há entre elas.

PIS 2018: Base de Cálculo e Alíquota

O termo PIS é a sigla para Programa de Integração Social, que é uma contribuição tributária que diz respeito às pessoas jurídicas.

publicidade:

Qual a função do PIS?

A função do PIS e também do PASEP (Programa de Fundação do Patrimônio do Servidor Público) é gerar fundos para o seguro-desemprego e abono salarial. Dessa forma, percebe-se a importância desse termo.

PIS 2018: Base de Cálculo e Alíquota – Saiba Mais

O PIS, para ser calculado, precisa de uma base. Essa base de cálculo é toda a receita bruta da pessoa jurídica, não importando o tipo de atividade que é desenvolvida.

Agora que essa parte foi esclarecida, passemos às alíquotas. Essa base de cálculo é cumulativa, ou seja, diz respeito às empresas privadas ou equiparadas pelas leis do imposto de renda.

A base da apuração do imposto de renda da pessoa jurídica é o lucro presumido ou arbitrado.

PIS 2018: Acidentes de Trabalho

publicidade:

As alíquotas são o percentual (podendo ser também um valor fixo) usado para fazer o cálculo de um tributo. Assim sendo, elas são usadas para fazer o cálculo do PIS.

A alíquota que se refere à contribuição do PIS é de 0,65% em cima da receita bruta da pessoa jurídica, com incidência cumulativa. No caso de ONGs, a alíquota é de 1% sobre a folha salarial.

PIS 2018: Base de Cálculo e Alíquota sobre Faturamento

Para exemplificar o que foi dito acima: se a pessoa jurídica possui uma receita bruta de R$ 15.000,00 mensal, o cálculo será de 0,65% em cima desse valor.

Esse valor também serve para as ONGs?

No caso das ONGs, o cálculo será de 1% em cima da folha salarial. É importante buscar familiaridade com esses termos, devido à sua importância.

Se houver dúvidas a respeito dos cálculos ou de valores, vale a pena entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para que elas sejam sanadas.

PIS E Cofins: O que é?

Você sabe a diferença entre eles?

Para muitos, os dois são os tributos mais complexos do Brasil, e pouquíssimas pessoas sabem a diferença.

Quando se fala em PIS, é muito comum escutar falar do Cofins também. Então resolvi dedicar um pedaço desse artigo para explicar exatamente o que é:

  • PIS: Como já vimos, esse é o Programa de Integração Social. Esses recursos são destinados para o pagamento de seguro-desemprego e abono salarial.
  • Cofins: Significa Contribuição para Financiamento de Seguridade Social, e seus recursos são destinados para a área da saúde.

Tanto para um, como para o outro, existem dois tipos de regimes para apuração: O Regime Cumulativo e o Regime não Cumulativo.

publicidade:

Como Descobrir O Número PIS 2018

Como Descobrir O Número PIS 2018
publicidade:

Se você precisa saber como descobrir o número PIS 2018, vamos te dar a solução.

Todo mundo fica desesperado quando percebe que perdeu os números do PIS/PASEP e, normalmente, você só se dá conta do fato quando precisa do documento.

Como Descobrir O Número PIS 2018

O que eu devo fazer?

publicidade:

Muitos pensam que o ideal é se dirigir logo a uma agência da Caixa Econômica Federal, no entanto, isso pode te custar tempo, uma longa espera em filas e nem sempre tão eficaz.

Vão te pedir para ligar no número do INSS (153), o que também pode te fazer esperar muito tempo e não solucionar o seu problema, podendo até mesmo virar um jogo de empurra-empurra quando o atendente te pedir para procurar uma agência Caixa.

Qual a melhor solução então?

Fique tranquilo que vou te mostrar agora mesmo. Nesse artigo vou explicar para você:

Como Descobrir o Número PIS

O melhor maneira a se fazer quando a dúvida de como descobrir o número PIS 2018 te assombrar, é correr para o computador mais próximo.

Isso mesmo! A solução está ao alcance das suas mãos. A primeira coisa a se fazer é entrar no site do CNIS (aqui), este é o Cadastro Nacional de Informações Sociais.

publicidade:

Bom, feito o primeiro passo, é hora de clicar na sessão de “Inscrição” e escolher a opção “Filiado” ou “Não Filiado”, depende da sua condição.

Em seguida você deverá preencher todo o formulário como se tivesse solicitando um novo NIT.

O que é esse NIT?

Não se assuste, ele nada mais é que o novo numero que vai substituir o PIS/PASEP.

Caso você já seja “Filiado”, os seus dados vão fornecer o seu número de PIS antigo, caso contrário, vai gerar um novo número pra você.

 Número PIS 2018 - Tela de Acesso

Deu um erro, o que eu faço?

Quando ocorre algum erro, basta você “ignorar” e não preencher o nome de sua mãe, isso vai acarretar uma busca mais ampla e resolverá o seu problema.

Pronto, agora você já sabe como descobrir o número PIS com o CPF.


Caso ainda tenha alguma dúvida, veja o vídeo abaixo!

Tutorial em Vídeo

Dicas para não perder o PIS

Agora que já sabemos como descobrir o número PIS 2018, veremos como evitar o desespero de se ver sem ele novamente.

A opção é imprimir o número e mandar plastificar, guardar junto com outros documentos importantes, ou até mesmo dentro de sua Carteira de Trabalho.

Apesar de ter como como descobrir o número PIS 2018, acaba gerando um grande desconforto, pois se trata de um documento importante.

Não se esqueça de manter o número em local seguro!

publicidade:

Esse artigo foi útil para você? Então compartilhe com seus amigos e familiares!

Doméstica tem direito ao PIS 2018?

Doméstica tem direito ao PIS 2018?
publicidade:

Afinal, Doméstica tem direito ao PIS 2018?

Se você não sabe muito bem do assunto, fica tranquilo. Você não é o único. Tempos atrás também estava querendo saber, mas não encontrei informação muito clara na internet. Por isso, resolvi ir a fundo no assunto e escrever esse artigo para você mostrando quais são os direitos das empregadas doméstica.

Doméstica tem direito ao PIS 2018?

O Programa de Integração Social, conhecido pela sigla PIS, é um tributo com caráter social cujo objetivo é o financiamento do seguro-desemprego e abono salarial.

publicidade:

O abono salarial do PIS é pago anualmente pela Caixa Econômica Federal aos trabalhadores que cumprem os requisitos exigidos para o recebimento do mesmo.

Para ter direito ao abono salarial, o trabalhador precisa:

  • Estar inscrito há no mínimo cinco anos no PIS;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos no ano base;
  • Ter trabalhado remunerado por ao menos 30 dias no ano base (esses dias podem ser consecutivos ou não);
  • E precisa que o empregador tenha informado seus dados corretamente para a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Empregada Doméstica tem direito ao PIS 2018?

Os trabalhadores domésticos urbanos ou rurais, ou seja, pessoas que trabalham para pessoas físicas, não têm direito a receber o abono salarial PIS.

Mas por que isso?

Isso ocorre pelo fato de que os empregadores não são pessoas empresas ou pessoas jurídicas. Como o empregador não tem uma empresa constituída o recolhimento deste impostos não é aplicado.

No caso de pessoas jurídicas, o PIS é um dos impostos que exigem o pagamento. Esse valor pago vai para a conta administrada pelo Ministério do Trabalho do abono salarial.

Um projeto para ampliar esse benefício para os trabalhadores domésticos urbanos e rurais chegou a tramitar no Senado Federal.

Domésticas PIS 2018

publicidade:

As empregadas domésticas tem direito ao seguro desemprego?

Sim! Mas é necessário que tenha trabalhado 18 meses seguidos (sem pausas) e que tenha sua carteira de trabalho assinada. Outro fator é que precisa comprovar junto à Previdência Social que não possui nenhuma outra fonte de renda, assim justificando o suporte do seguro desemprego.

Entretanto, já ouvi falar que é possível fazer o cadastro no PIS. Como funciona?

Sim, é possível fazer o cadastro da empregada doméstica no PIS. Mas é um pouco diferente. Veja a seguir.

Como cadastrar PIS da Empregada Doméstica

Como dissemos acima, esse cadastro é um pouco diferente. A empregada doméstica precisa ir pessoalmente até uma agência da Caixa Econômica Federal para conseguir isso.

E como acontece essa inscrição nesse caso?

Acontece através do Regime Geral da Previdência Social. Ou seja, para se tornar efetiva, ela terá que ter um número NIT (Número de Inscrição do Trabalhador). Para fazer isso será necessário ter em mãos os seguintes documento:

  • Carteira de Identidade. Caso você não tenha, pode ser a certidão de nascimento ou a de casamento;
  • Carteira de trabalho e previdência social (que no caso das empregadas domésticas, torna-se um requisito obrigatório),
  • CPF.

Para maiores informações, clique aqui!

Calendário do PIS 2018

Os trabalhadores que se enquadram nos parâmetros para o recebimento do PIS e também do PASEP precisam ficar atento ao calendário do PIS para sacar o abono salarial. Quem tem conta no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal recebe o valor diretamente nela.

Benefício do PIS: Data para Saque

Os demais trabalhadores podem fazer o saque do PIS conforme as datas em que são liberados os pagamentos. No calendário 2017, os pagamentos iniciam no mês de julho e vão até o mês de março de 2017.

Os trabalhadores também têm um prazo máximo para sacar o valor do abono salarial. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prazo final para este saque é 30 de junho de 2016.

Se o trabalhador não for realizar o recebimento deste valor até esta data, ele perde este direito e o saldo volta para os cofres públicos para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

É possível sacar o FGTS

Você deve estar se perguntado: Empregada Doméstica tem direito ao FGTS?

Sim, e vou explicar abaixo em que situações isso é possível:

  • Demissão sem justa causa;
  • Doença terminal do titular da conta;
  • Doença terminal do dependente;
  • Compra da casa própria;
  • E Aposentadoria.

publicidade:

Agora que você já sabe tudo sobre se a Doméstica tem direito ao PIS, compartilhe esse artigo com seus amigos e familiares. Obrigado pela leitura!

PIS 2018 Faturamento

PIS 2018 Faturamento
publicidade:

Precisa saber mais sobre o PIS 2018 Faturamento? 

Um tempo atrás também estava precisando saber dessa informação, entretanto pouca informação eu achei na internet. Então resolvi ir a fundo no assunto e escrever esse artigo para te ajudar.

Para realizar os pagamentos do PIS e também do COFINS sobre o seu faturamento, uma empresa deve ficar atento aos fatos geradores. Segundo a Receita Federal, o PIS/PASEP tem como fatos geradores:

“O auferimento de receita pela pessoa jurídica de direito privado e as que lhe são equiparadas pela legislação do imposto de renda; a folha de salários das entidades relacionadas no art. 13 e das cooperativas que excluírem da receita qualquer dos itens enumerados no art. 15 da MP n º 2.158-35, de 2001; e as receitas correntes arrecadadas e as transferências correntes e de capital recebidas pelas pessoas jurídicas de direito público interno, exceto as fundações públicas”.

publicidade:

PIS 2018 Faturamento

Já a COFINS tem o auferimento da receita pela pessoa jurídica como fato gerador.

A data de vencimento do PIS e da COFINS se dá, de acordo com a Receita Federal, até o último dia útil da primeira quinzena ao mês seguinte ao da ocorrência dos fatos geradores.

Nesse artigo vou explicar para você:

  • PIS sobre Faturamento – Base do Cálculo PIS e COFINS;
  • PIS Fatos Geradores na Importação.

PIS 2018 Faturamento – Base do Cálculo PIS e COFINS

Você sabe como funciona o cálculo desses tributos?

O cálculo do valor devido de PIS e COFINS é feito com base no faturamento do mês. Esse valor é a receita bruta de uma empresa.

publicidade:

A Receita Federal explica que se entende por receita bruta a totalidade das receitas recebidas, independente do tipo de atividade exercida e a classificação contábil.

As alíquotas do PIS são de 0,65% do faturamento (para pessoas jurídicas) e 1% sobre a folha de salários (para entidades sem fins lucrativos).

Já as alíquotas de COFINS são de 3% e de 4% (incidentes sobre receitas de bancos comerciais, de investimentos, de desenvolvimento, caixas econômicas, sociedades de créditos, entre outros).

PIS 2018 Faturamento

PIS 2018 Fatos Geradores na Importação

Quando há importação, ainda conforme da Receita Federal, os fatos geradores são:

  • A entrada de bens estrangeiros em território brasileiro ou o crédito;
  • Pagamento, entrega ou remessa de valores a domiciliados no exterior como contraprestação por serviço prestado.

E o que é considerado para efeito do cálculo do fato gerador?

Segundo a Receita, é considerado:

publicidade:

  • A data de registro de declaração de importação de bens de consumo;
  • O dia de lançamento de crédito tributário no caso de bens constantes de manifesto;
  • A data de vencimento do prazo de permanência dos bens em recinto de alfandega;
  • E a data do pagamento do crédito, remessa ou etc.

Quem Tem Direito ao PIS 2018?

Quem Tem Direito ao PIS 2018?
publicidade:

Infelizmente, nem todos trabalhadores sabem a fundo sobre os benefícios que lhe são por direito, e muitos ainda sofrem com essa desinformação. O PIS é um exemplo de beneficio social que gera muita dúvidas, principalmente referente a Quem tem Direito ao PIS 2018 ou não.

Muitos acabam perdendo o direito ao saque do abono salarial do PIS no valor de uma salário minimo, exatamente por não saber se tem direito e não ir atrás de seu benefício.

Atualmente, são muitas dúvidas em relação a este beneficio social.  Mas de maneira bem clara vamos tentar explicar  sobre o programa e quem tem direito a recebê-lo.

Quem Tem Direito ao PIS 2018?

publicidade:

O PIS é um direito que todos os trabalhadores possuem. Trata-se do recebimento de um salário mínimo, que é pago anualmente para as pessoas que se encaixam no perfil adequado.

E que perfil é esse? Quem tem o direito ao PIS? Bom, todas essas dúvidas podem ser sanadas agora mesmo. Conheça agora quais os grupos permitidos e quais os critérios para sacar tal benefício:

Saiba Quem Tem Direito ao PIS 2018

  1. Previamente ter cadastro no PIS

Quando você começa a trabalhar de carteira assinada, automaticamente você já fica inscrito no PIS. Mas para que você possa ter direito ao PIS, é necessário ter, no mínimo, 5 anos efetivamente trabalhados.

Não é necessário que sejam 5 anos consecutivos. Basta apenas que você acumule esse período. A empresa é responsável pelo seu cadastramento.

  1. Um mês de trabalho com carteira assinada

Se você foi contratado por um período curto de trabalho, de pelo menos um mês, a partir desse período você já tem o direito de fazer o resgate do seu PIS.

Quando a sua carteira é assinada, uma parte do seu salário vai para o fundo de amparo ao trabalhador e por esse motivo, a sua contribuição, ainda que seja pequena, já é motivo suficiente para você ter direito ao PIS.

  1. Preencher anualmente os dados na Rais

É imprescindível que para você ter direito ao PIS, os seus dados estejam devidamente preenchidos em um formulário, que deverá ser encaminhado ao Ministério do trabalho.

A relação anual de informações sociais é um documento que precisa estar sempre atualizado e cabe à empresa fazer o devido encaminhamento. Sem esse quesito, dificilmente você conseguirá receber o seu benefício.

  1. Recebido até dois salários mínimos

    publicidade:

A regra é bastante clara. As pessoas que recebem apenas até dois salários mínimos é que podem usufruir do PIS. Esses valores só são contabilizados se forem efetivamente repassados ao FAT, que é o fundo de amparo aos trabalhadores.

Os eventuais valores que o trabalhador receba por fora não entram nessa contagem final. Cabe ressaltar também que o PIS é referente a um salário mínimo, independentemente de quanto você ganha, a verba disponibilizada é sempre essa.

Para maiores informações acesse o site da Caixa: Clique Aqui!

Quem Tem Direito ao PIS 2018? - PIS/PASEP

Como Saber Quem Tem Direito ao PIS 2018

Esses são os principais critérios cruciais que delimitam se você tem ou não direito ao PIS. Qualquer regra que fuja desse padrão, já não poderá mais fazer uso de tal benefício.

O PIS é uma conquista de muitos trabalhadores e, portanto, precisa seguir alguns princípios para que somente as pessoas que se encaixam nessas categorias possam receber o benefício.

Se você está de acordo com as informações citadas acima, então, já fique ciente de que o seu PIS estará disponível na sua conta. Para consultar, é preciso ficar de olho nas tabelas que são disponibilizadas nas agências bancárias ou mesmo pela internet.

Outra dica importante é você se informar na sua empresa se a sua Rais foi devidamente preenchida e enviada no prazo correto. Caso contrário, é necessário fazer isso o mais rápido possível.

Para sanar possíveis dúvidas você pode ira até uma agência da Caixa ou mesmo ligar. Se preferir, ainda pode fazer consultas pelo site. São várias opções para você não perder nenhum detalhe sobre o seu PIS, afinal, é um direito seu e nada pode ficar desapercebido.

Caso tenha alguma dúvida, confira o vídeo abaixo:

Diferença de PIS e PASEP

O que é o PIS e Pasep?

PIS PASEP é a sigla do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), que nada mais são do que contribuições sociais, devida pelas empresas.

É um número cadastrado no cartão de CNPJ, ou no documento de cadastro do trabalhador e é feito ao primeiro emprego de carteira assinada do trabalhador.

E qual o objetivo?

O PIS PASEP tem o objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades, isso vale tanto para os trabalhadores de empresas públicas, como privadas.

publicidade:

O programa também funciona como uma espécie de segurança do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

PIS 2018 Gerador Online

PIS 2018 Gerador Online
publicidade:

Veja nesse artigo tudo o que você precisa saber sobre o PIS 2018 Gerador Online.

A internet é uma ferramenta revolucionária, usada por muita gente no mundo todo, e as tarefas que se podem realizar através nela são inúmeras.

Uma dessas tarefas consiste em gerar o número do PIS (Programa de Integração Social).

E o que é o PIS?

publicidade:

Tributo do Governo Federal referente às pessoas jurídicas e organizações sem fins lucrativos, que se destina a financiar seguros-desemprego, abono salarial e participações.

PIS 2018 Gerador Online

PIS 2018 Gerador Online

Qual o objetivo dele?

O objetivo desse gerador online de PIS é oferecer suporte a desenvolvedores e estudantes na tarefa de testar softwares, gerando números válidos.

Encontrar um gerador de PIS online não é uma tarefa fácil.

Contudo, quando se acha um gerador, é preciso digitar um número de 10 dígitos e depois clicar em “gerar”, sendo que o próprio software faz o cálculo necessário.

Para que o cálculo do número PIS seja feito, o algoritmo usado não é o mesmo do CPF, apesar de a estrutura dos números ser igual.

Porém, no caso do PIS, o dígito verificador é apenas o último algarismo.

E como é feito o cálculo?

O cálculo é feito através da correspondência de números, multiplicação e soma de valores que, no final, devem ser divididos por 11, sendo usado apenas o resto da divisão.

publicidade:

PIS E COFINS 2018 - Gerador Online

PIS 2018 Gerador Online: Como solicitar?

É importante lembrar que os geradores online de PIS têm valor apenas didático, sendo direcionado àqueles que estudam softwares.

Dessa forma, não é recomendado criar o seu próprio número PIS.

Como eu solicito um PIS original?

Para se solicitar esse número, é melhor que o cidadão se dirija à Caixa Econômica Federal, munido dos documentos necessários para realizar tal tarefa.

Além disso, após se gerar o PIS, é possível encontrar a opção “validar PIS”.

Entretanto, mesmo após mostrar que está validado, ao entrar no site da Receita Federal e se fazer a consulta, vê-se que a pesquisa pode não retornar resultados.

Portanto, é preciso ter em mente que o gerador online de PIS é uma ferramenta apenas educacional e que seu uso para outros fins é de responsabilidade pessoal.

Dessa forma, faz-se necessário bom senso na hora de utilizar esse recurso, para que não se cometa nenhuma infração e se responda por isso.

Esse artigo foi útil para você? Então compartilhe com seus amigos e familiares. Qualquer dúvida, deixa sua pergunta nos comentário que responderemos o mais breve possível!

publicidade:

PIS 2018 Vencimento sobre Folha

PIS 2018 Vencimento sobre Folha
publicidade:

Você realmente sabe sobre PIS 2018 Vencimento sobre Folha?

Fique tranquilo que vamos tirar todas suas dúvidas nesse artigo sobre esse assunto.

Muitos funcionários ficam em duvida quando o assunto é deveres e obrigações da empresa em qual trabalha, as vezes neste momento muitas empresas não idôneas corrompem o funcionário e não paga todos os direitos do cidadão, e então fica aquela grande interrogação:

Mas o que será que está realmente errado?

publicidade:

PIS 2018 Vencimento sobre Folha

As vezes o que falta é um pouco de conhecimento dos sindicatos disponíveis para qualquer funcionário no momento da indecisão.

Uma das principais duvidas é quanto ao FGTS, uma contribuição obrigatória da empresa para o funcionário.

PIS 2018 Vencimento sobre Folha

A folha de pagamento do funcionário é entendida como o demonstrativo de todos os valores que o funcionário “paga” e recebe tais como o pagamento bruto e líquido, gratificações, comissões, adicionais e afins.

PIS 2018 Vencimento sobre Folha - PIS COFINS

Não é categoria de salário o salário família, rescisão contratual ou indenização por dispensa.

publicidade:

O pagamento deve ser feito pela empresa até o vigésimo quinto dia depois do fim da folha de pagamento, se este dia cair num fim de semana o prazo é o ultimo dia útil antes do vencimento da data limite.

A contribuição de PIS é feita pela empresa para o funcionário sendo depositada todo mês no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) onde fica disponível para o funcionário para saque depois do fim do contrato de empresa e funcionário.

E qual o valor?

O valor varia de acordo com o salário, sendo geralmente ser extraído 1% do valor total.

Contribuição do PIS

Qualquer instituição deve fazer este pagamento que é direito de qualquer funcionário, caso não esteja feito corretamente o empregado deve procurar a empresa para maiores esclarecimentos.

E se o RH da empresa não resolva minha situação? O que eu faço?

Caso não seja resolvido cabe ir atrás do sindicato da profissão, basta procurar “Sindicato dos tele comunicadores” (por exemplo).

E aonde eu consigo o contato do meu sindicato?

Basta fazer uma pesquisa no Google que você encontrará o contato para o sindicato ou até a aba de reclamações online.

E como que o sindicato pode me ajudar?

O sindicato irá recorrer a Receita Federal para maiores esclarecimento, afinal algumas instituições são livres do pagamento deste imposto.

Caso não seja o caso da empresa reclamada, entra-se com um processo.

O não pagamento acarreta problemas fiscais para a empresa, o que não é correto a mesma faltar com o direito do empregado.

Para maiores informações acesse o site da Caixa: Clique Aqui!

publicidade:

Quem Não Tem Direito ao PIS 2018 ?

Quem Não Tem Direito ao PIS 2018 ?
publicidade:

Todos os trabalhadores ficam com muitas dúvidas sobre Quem Não Tem Direito ao PIS 2018. Vamos aqui tentar esclarecer esta dúvida e esclarecer a todos sobre seus direitos.

Quem Não Tem Direito ao PIS 2018 ?

Para entender melhor quem não tem direito ao PIS 2018, vamos ver o que significa esse benefício.
O PIS, por definição, se trata de um programa criado pelo Governo Federal, que tem como finalidade promover uma integração entre o empregado e toda a parte de desenvolvimento da empresa, viabilizando assim, uma melhor distribuição da renda nacional.
O programa PASEP tem essa mesma definição, no entanto, é destinado aos servidores públicos.

Reservei esse artigo para explicar para você:

  • Como Saber Quem Não Tem Direito Ao PIS 2018?
  • O que fazer?

Como Saber Quem Não Tem Direito Ao PIS 2018

Afinal, como saber se tenho direito ao PIS 2018?

publicidade:

Veja se você se encaixa em alguma dessas situações abaixo:

  • Trabalhadores urbanos vinculados a empregador Pessoa Física;
  • Trabalhadores rurais vinculados a empregador Pessoa Física;
  • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS;
  • Empregados domésticos;
  • Menores aprendizes.

Então, quem não tem direito ao PIS 2018 são os trabalhadores acima. No caso dos trabalhadores ligados a uma pessoa física, não têm direito ao PIS porque não estão ligados a uma empresa pessoa jurídica e sim a um empregador, pessoa física. Portanto são do grupo de quem não tem direito ao PIS.

publicidade:
Além dessas categorias, tem também aqueles trabalhadores que não cumprem os requisitos básicos para ter direito ao PIS. Confira a seguir os trabalhadores que estão ligados a uma empresa, pessoa jurídica e mesmo assim não tem direito ao PIS:
  • Quem não está cadastrado há pelo menos 5 anos no PIS/PASEP
  • Quem recebeu no ano-base mais de dois salários mínimos
  • Quem trabalhou menos de 30 dias no ano-base
  • Quem não teve seus dados informados na RAIS no ano-base considerado.

O Que Fazer?

Se você faz parte do grupo de quem não tem direito ao PIS veja o que fazer para receber o benefício.

  • Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais no ano-base que for considerado para a atribuição do benefício;
  • tenha trabalhado, pelo menos trinta dias no ano-base considerado, consecutivos ou não, para empregador contribuinte do PIS/PASEP;
  • tenha sido informado corretamente na RAIS do ano-base considerado.

Converse com o seu empregador e demonstre a importância do benefício. Veja se ele tem condições de regularizar a sua situação. É bom para os dois lados. Boa sorte!

publicidade:

Saldo PIS 2018 a Receber

Saldo PIS 2018 a Receber
publicidade:

Você sabe como consultar o Saldo do PIS 2018?

O trabalhador brasileiro, a partir do momento que é contratado por uma empresa e tem um emprego com carteira assinada, já tem a possibilidade de adquirir diversos benefícios que são oferecidos pelo governo ao trabalhador.

Embora ainda haja muitas dúvidas sobre como receber, entender e sacar o Abono salarial (também conhecido como PIS) do trabalhador, o benefício é um direito de todo trabalhador que esteja dentro de alguns padrões exigidos pelo Governo Federal. O saldo PIS 2018 a receber é um status que indica a atual situação do benefício.

Diante a essas dúvida separamos algumas informações simples que farão toda a diferença para que você entenda de uma vez, se tem ou não direito ao benefício, ou a consultar o saldo e a melhor forma de sacar o valor arrecadado para assim saber o saldo PIS 2018 a receber.

publicidade:

Como Receber o PIS 2018

Se você possui conta corrente ou poupança nas agências da Caixa Econômica, você pode receber diretamente em sua conta, desde que ela não seja conjunta. É importante lembrar que caso a conta seja corrente o saldo dela deve estar positivo para receber o saldo.

Para facilitar ainda mais e a empresa onde você trabalhar possuir o convênio da Caixa PIS-Empresa, você recebe diretamente esse valor na sua folha de pagamento.

Saldo PIS 2018 a Receber

O abono salarial pode ser sacado também através de casas lotéricas e em correspondentes bancários além de terminais de autoatendimento da Caixa, basta ter em mãos o Cartão Cidadão.

Caso você ainda não tenha o Cartão Cidadão e precise retirar o seu saldo, basta comparecer há uma das agências da Caixa com um documento de identificação com foto, e o número do PIS, que pode ser encontrado na carteira de trabalho.

Agora que você já tirou suas dúvidas é recomendado que as coloque em prática e consulte sempre o valor do seu PIS, e caso você ainda não tenha um Cartão Cidadão, já pode entrar em contato com o banco e pedir o seu, afinal de contas esse só traz benefícios.

Consultar Saldo PIS 2018 a Receber Online

Todo cidadão consegue realizar a consulta da sua própria casa, basta possuir um dispositivo com acesso a internet. Para realizar a consulta esteja com documento de identidade em mãos, número do seu PIS/PASEP e a senha do Cartão Cidadão. Separados os dados, entre no endereço: www.caixa.gov.br o acesso é fácil.

Consultar PIS 2018 Telefone

Você também pode entrar em contato por telefone, caso você não tenha acesso a internet.

publicidade:

Isso poderá ser feito através do serviço Caixa Cidadão no numero 0800 726 0207 para atendimento referente ao:

  • PIS;
  • Benefícios Sociais;
  • FGTS;
  • Cartão Social;
  • Resultado de Loterias.

O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira de 8h às 22h e aos sábados de 10h as 16h, aceitando chamadas originadas de telefones fixos e móveis.

O serviço de consulta eletrônica está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O que é o PIS?

É um benefício do Governo Federal, que assegura que todo cidadão trabalhador brasileiro tem o direito de receber uma renda extra, promovida pelos próprios empregadores. O programa foi criado na década de 70 e o benefício já ajudou milhares de brasileiros por todo o país.

Quem tem direito ao PIS?

O benefício pode ser recebido por todo trabalhador do setor ou privado que já esteja cadastrado no PIS/PASEP por no mínimo 5 anos e que recebam no máximo dois salários mínimos. Trabalhando com carteira assinada o trabalhador garante muitos benefícios, como seguro desemprego, PIS, FGTS, entre outros. Para ter direito ao PIS ou Abono salarial é necessário que o empregado se enquadre em alguns requisitos:

  • Ter sido cadastrado no ano anterior pelo programa da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), a serviço do empregador.
  • Tem pelo menos 30 dias de trabalho registrados em carteira até o meio do ano anterior. Vale lembrar que os 30 dias não precisam necessariamente serem seguidos, mas devem completar 30 dias no total.
  • Ter no mínimo 5 anos de cadastro.
  • Ter em registro no máximo 2 salários mínimos do trabalho.

E quando que eu recebo meu benefício?

Para receber seu benefício, é necessário estar atento ao calendário do PIS / PASEP. Confira abaixo:

Calendário PIS 2017

O calendário esclarece e parcela os pagamentos de pessoas com nascimento nos diferentes meses do ano. Esse calendário é divulgado pela Caixa Econômica Federal e você pode consultá-la nas agências, em correspondentes bancários, casas lotéricas, pelo site ou telefone.

Geralmente as datas dos recebimentos vão até o meio do ano, no mês de julho do ano da decorrente e são separadas de acordo com os meses de nascimento das pessoas. Para cada mês de nascimento um mês e data de recebimento. Veja abaixo o calendário completo do PIS referente ao ano de 2017.

publicidade:

Aniversário
Pode Sacar em: Até:
Julho 28/07/2017 30/06/2018
Agosto 18/08/2017 30/06/2018
Setembro 15/09/2017 30/06/2018
Outubro 14/10/2017 30/06/2018
Novembro 21/11/2017 30/06/2018
Dezembro 15/12/2017 30/06/2018
Janeiro e Fevereiro 19/01/2018 30/06/2018
Março e Abril 16/02/2018 30/06/2018
Maio e Junho 16/03/2018 30/06/2018

 

Habilitação PIS PASEP 2018: Consulta

Habilitação PIS PASEP 2018: Consulta
publicidade:

Você sabe o que é o PIS e o PASEP? Qual a diferença?

O PIS (Programa de Integração Social) e o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são termos bastante conhecidos e que influem grandemente na vida do trabalhador.

Eles consistem em tributos cujo objetivo é financiar benefícios sociais como o seguro-desemprego, as participações e o abono salarial. O PIS é retirado na Caixa Econômica Federal e o PASEP, por sua vez, é retirado no Banco do Brasil.

Habilitação PIS PASEP 2018: Consulta

publicidade:

Habilitação PIS PASEP 2018: Consulta Online

Para ajudar o trabalhador, foi disponibilizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) uma página onde se pode fazer a consulta da habilitação do PIS/PASEP 2018, a fim de saber se o benefício do seguro-desemprego está habilitado ou não.

A vantagem dessa ferramenta é a possibilidade de fazer a consulta sem precisar sair de casa.

publicidade:

Consulta do PIS 2018: Como fazer?

Para que a consulta seja feita, é necessário estar de posse do número do PIS, contido no Cartão Cidadão. O trabalhador deve acessar o site do MTE, digitar o número do PIS e o código de verificação que aparecer.

Caso haja a habilitação, um relatório de consulta será mostrado na próxima tela. Nesse relatório é possível ver a situação dos benefícios já pagos e também a data do próximo pagamento.

Também é possível consultar os benefícios sociais através do site da Caixa Econômica Federal. Para tanto, é necessário estar de posse do número do PIS, presente no Cartão Cidadão.

Também será preciso uma senha, que o trabalhador receberá ao preencher seus dados pessoais e os dados da empresa na qual está trabalhando.

Nesse serviço da Caixa Econômica também há a possibilidade de se atualizar o endereço, sendo que essa atualização ajuda a saber se há benefícios a serem recebidos e auxilia no pagamento. Para atualizar é necessário ter em mãos o número do PIS/PASEP 2018.

Para aqueles que tiverem dúvidas ou problemas ao usar o serviço, a recomendação é que se busque auxílio nas agências da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil, munidos de documentos pessoais, onde serão dadas as orientações necessárias a fim de que se saiba se os benefícios estão habilitados ou não.

publicidade: